Hoje é o Dia Mundial dos Animais


Dia 04 de outubro é comemorado o Dia Mundial dos Animais e, por isso resolvi trazer hoje alguns textos que achei interessante. A história deste dia é a seguinte:

"Tudo começou em FlorençaItália em 1931, em uma convenção de ecologistas. Neste dia, a vida animal em todas as suas formas é celebrada, e eventos especiais são planejadas em locais por todo o mundo. O 4 de Outubro foi originalmente escolhido para o Dia Mundial dos Animais, porque é o dia da festa de São Francisco de Assis, um amante da natureza e padroeiro dos animais e do meio ambiente. Igrejas de todo o mundo reservam o domingo mais próximo da data para abençoar os animais."





Os 10 Mandamentos do Cão e do Gato

01) Minha vida deve durar entre 10 e 15 anos. Qualquer separação será muito dolorosa para mim;
02) Me dê algum tempo para entender o que você quer de mim; 
03) Tenha confiança em mi. É fundamental para o meu bem estar;
04) Não fique zangado comigo por muito tempo. E não me prenda em nenhum lugar como punição. Você tem seu trabalho, seus amigos, suas diversões. Eu só tenho você;
05) Fale comigo de vez em quando. Mesmo que eu não entenda suas palavras, compreendo muito bem seu tom de voz e sinto o que você está me dizendo. Isso ficará gravado em mim para sempre;
06) Antes de me bater, lembre sempre que eu tenho dentes que poderiam feri-lo seriamente, mas que nunca vou usá-los em você;
07) Antes de me censurar por estar sendo vadio, preguiçoso ou teimoso, pergunte antes se não há alguma coisa me incomodando. Talvez eu não esteja me alimentando bem. Posso estar resfriado. Ou também meu coração que está ficando velho e cansado;
08) Cuide de mim quando eu ficar velho. Você também vai ficar. 
09) Não se afaste de mim em meus momentos difíceis ou dolorosos. Nunca diga "prefiro não ver" ou "faz quando eu não estiver presente";
10) Tudo é mais fácil para mim com você do meu lado.
(Autoria desconhecida)


Não Matarás

O que nos dá o direito de pensar que somos livres para matar?
Quem pode julgar o valor da vida de um inseto?
Quem tem a capacidade de julgar ser pouco importante a existência de um rato ou de um pernilongo?
Como saber discernir o valor exato de cada vida? Qual os parâmetros a serem seguidos? Qual é a medida?
Quem nos deu esse poder ?.
Ninguém tem o poder de exterminar. Ninguém tem o poder de aniquilar. Ninguém tem o poder de ferir e matar deliberadamente.
Mas todo mundo julga tê-lo.
Já me vi em situações muito engraçadas. Ao pegar uma barata com uma toalha para não machucá-la e pô-la para fora de casa ao invés de matá-la, como falaram !
Ao tocar pacientemente um besouro para um canteiro em pleno Pão de Açúcar, me olharam como se fosse doida...
Ao salvar um pombo das mãos de moleques que o apedrejavam, logo alguém me disse: "é só um pombo, tem tantos, são sujos, transmitem doenças..."
Ao que eu respondi: "se for por isso... nós também !"
Afinal, quem somos nós para julgar quem é nocivo a quem ou quem traz doenças e problemas de saúde ? Não podemos nos esquecer jamais de que fomos uma das últimas espécies a aparecer no planeta. Os animais já existiam. Eles habitaram a Terra antes de nós. 
Se há alguma espécie perniciosa, infecciosa e destrutiva é a espécie humana, que só tem feito exterminar, chacinar e se espalhar como uma praga por todos os cantos do planeta. 
E alguém cogita em acabar com ela ?
Não matar não é nada fácil. Sabemos disso. Qual de nós pode dizer que nunca matou?
Ninguém.
Matamos os ratos que invadem as casas, matamos os insetos que destroem as colheitas, matamos as formigas que entram na despensa, matamos sem dó os mosquitos que transmitem a dengue.
Não é disso que estou falando. Essa é uma morte que defende a vida. Uma morte infelizmente necessária. Uma morte miseravelmente importante para a manutenção da vida.
O mais importante em tudo isso é saber discernir.
Por que matar um sapo que entra em seu quintal ? O que ele lhe fez de mal ?
Por que atirar pedras em uma ave inofensiva ?
Por que arrancar as aranhas das teias ou esmagar formigueiros no campo ?
Por que arrancar as flores e folhas das árvores apenas para exibi-las em sua casa ? Ou pior ainda, por passatempo ?
A vida é uma dádiva..
Não nos cabe julgar seu valor.
Não nos cabe elevar uma vida em detrimento de outras.
Todos somos importantes, somos peças da grande engrenagem do mundo.
E cada peça se encaixa num grande e perfeito organismo...
Portanto, não matarás o inseto que cruza seu caminho.
Não matarás o pequeno gafanhoto que sobe em seu dedo.
Não matarás as abelhas no parque.
Não matarás a aranha que tece sua teia delicada.
Não matarás as aves nem as aprisionará.
Não matarás por puro prazer, nem por motivos fúteis.
Não promoverás devastações sem sentido, nem darás vazão à tua fúria destrutiva.
Não descontarás sua ira em cima das plantas e dos animais.
Talvez então te salve a ti mesmo.
Talvez assim a consciência se assossegue.
Talvez então tenhas a paz.
(Autoria desconhecida)

Espero que sirva de lição para aqueles que dizem que amam os animais, mas maltratam e os comem!

Aproveito este post para divulgar nossa página do Facebook: Somos Defensores Eternos dos Animais
Quem puder curtir, passa lá pra conhecer!


Comentários

Veja também

Novos gifs fofinhos

Gifs doidinhos