Dicas para viver mais e melhor


O fator mais importante para determinar sua expectativa de vida futura está nos hábitos que você cultiva no presente.
1- Frutas, legumes e verduras
A primeira mudança de hábito começa pela boca. Se você não come diariamente legumes, frutas 
e vegetais, alguma coisa está faltando no seu cardápio. Pessoas que consomem grande 
variedade desses alimentos têm menores taxas de doenças crônicas. Além disso, eles ajudam a 
manter um peso cor­po­ral saudável e a viver por mais tempo. Lembre-se: quanto mais 
colorido for o seu prato, melhor. As diver­sas cores das fru­tas e veg­e­tais rep­re­sen­
tam difer­entes nutri­entes e antiox­i­dantes.

2- Durma bem
Dormir é uma das mais importantes funções que o nosso corpo usa para regular e curar nossas 
células. É o período em que o organismo repõe as energias gastas durante o dia, preparando 
nosso corpo para o dia seguinte. Então, uma boa noite de sono é fundamental para ter mais 
disposição para cumprir nossa rotina diária. Ainda assim, dormir bem é algo que varia de 
pessoa para pessoa, pois algumas podem precisar de muitas horas e outras nem tanto. Em 
geral, é recomendável dormir, pelo menos, seis horas por dia. Em vez de dormir menos para 
ganhar mais horas de atividades por dia, durma mais para acrescentar anos à sua vida.

3- Beba mais chá
Manter o hábito de beber chás é uma atitude que vai proporcionar momentos relaxantes para 
você e para o seu organismo. A bebida possui nutrientes essenciais que contribuem para o 
bom funcionamento do nosso corpo. Entre as suas variedades, a infusão mais saudável é o chá 
verde, que tem como princípio ativo os polifenóis, substâncias responsáveis por diminuir os 
níveis de colesterol. Além disso, o chá verde contribui para a saúde bucal e tem efeito 
antioxidante, diminuindo a produção de radicais livres, substâncias responsáveis pelo 
envelhecimento. Quente, morno ou gelado, não importa. Uma xícara de chá verde por dia, ao 
menos, fará uma diferença tremenda na saúde do seu presente e do seu futuro. Cuidado com os 
excessos: tomar muito chá pode irritar o estômago e afetar o sistema nervoso central, 
produzindo efeitos colaterais como a insônia e a irritabilidade.

4- Escove bem os dentes
Escovar os dentes é um hábito que contribui para sua longevidade como ser humano. Dentes 
limpos afastam bactérias que causam a peri­odon­tite e cáries, que em casos mais graves, 
ultrapassam os limites dos dentes e das gengivas atingindo nossa corrente sanguínea. Uma 
vez espalhadas no organismo, elas causam uma série de inflamações e aumentam o risco de 
doenças cardiovasculares. O hábito de usar fio dental, pelo menos uma vez por dia, é outra 
medida fundamental para viver mais e melhor, pois ele alcança lugares onde a escova não 
chega.

5- Pratique exercícios físicos
A inativi­dade e a perda de massa mus­cu­lar acel­era o processo de envelhecimento. Um 
estilo de vida mais ativo faz com que as mudanças causadas pela idade sejam combatidas. 
Estima-se que, ao menos, 15 minutos de exercício diário com intensidade moderada podem nos 
acrescentar até três anos de vida. A verdade é que a prática de exercícios físicos é a 
principal aliada contra doenças crônicas, especialmente as cardiovasculares. Corrida, cam­
in­hada e natação são ape­nas alguns dos exercícios que devem virar hábito diário se você 
deseja uma vida melhor e saudável.


6- Mantenha relações sociais
Relações sociais saudáveis são excelentes aliados na busca pela longevidade. Manter as 
amizades, por exemplo, é um hábito que nos ajuda a enfrentar os momentos difíceis com 
leveza e alegria. Faça questão de se encontrar com os amigos, compartilhar experiências e 
dividir dores, temores e angústias. Ninguém faz sucesso sozinho. Manter pessoas boas e 
confiáveis sempre ao redor é um hábito que vai levar você à estabilidade emocional e, 
consequentemente, a uma melhor qualidade de vida. Amigos ajudam a combater sentimentos 
negativos que podem vir com o avanço da idade, como a depressão.

7- Consuma alimentos integrais
Alimentos compostos por grãos e cereais são aliados fundamentais na busca por uma vida mais 
saudável, pois eles não passaram por nenhum processo de refinação. Por isso, conservam 
todos seus componentes originais, incluindo cascas e películas protetoras. Aí, está sua 
principal vantagem: concentram vitaminas e minerais. Além disso, esses alimentos possuem 
fibras solúveis capazes de serem digeridas e também ajudam a reduzir o colesterol e a 
glicose sanguínea. Alimentos, como o mamão e a aveia, contribuem para o bom funcionamento 
do intestino. Em compensação, evite carboidratos brancos e pobres em nutrientes, como 
alguns tipos de pães, farinha, arroz branco e açúcar. E invista mais em frutas, vegetais, 
cereais e pães integrais.

8- Ômega-3
Os ácidos ômega-3 são uma verdadeira fonte da juven­tude para todos. Diversos estudos 
comprovaram que indivíduos com índices mais elevados da substância no sangue possuem 
menores taxas de doenças do coração. O ômega-3 também contribui para diminuir 
consideravelmente as taxas de envelhecimento cromossômico. Como não é produzida pelo 
organismo, essa gordura natural precisa ser ingerida através da alimentação. Portanto, vale 
a pena inserir em seu cardápio alimentos como chia, linhaça (óleo, semente e farinha), 
vegetais verde escuros (couve, espinafre e rúcula), castanha do Brasil e nozes.

9- Não guarde rancor
Uma das principais dicas para viver mais, melhor e em paz é evitar, a todo o custo, guardar 
sentimentos negativos, como o rancor. Quando você está estressado ou nervoso, os níveis de 
cortisol aumentam no sangue. Isso causa danos ao seu coração, metabolismo e sistema 
imunológico. Além disso, taxas altas desse hormônio são associadas a doenças, como 
depressão. Portanto, tenha o hábito de, na medida do possível, resolver os problemas assim 
que eles apareçam. Outra alternativa é não deixar pequenos problemas crescerem como uma 
bola de neve. Dessa forma, com menos sentimentos negativos no organismo, você conseguirá 
viver de forma mais saudável e tranquila.

10- Tenha um animalzinho
Se possível, tenha um animal de estimação, pois está comprovado que pessoas que cuidam de um bichinho são mais felizes. Pessoas felizes, com certeza, vivem mais!


Comentários

Siga-me no Facebook

Veja também

Novos gifs fofinhos

Gifs doidinhos