8 maneiras cientificamente comprovadas de se sentir mais confiante


Mesmo se você tem problemas de autoconfiança, essas dicas vão te ajudar a driblá-lo! Confira:


Autoconfiança é tudo na vida. Se você não está feliz consigo, duvida do seu potencial e não se acha merecedora das coisas que deseja, dificilmente conquistará aquilo que almeja, seja no campo profissional, pessoal ou amoroso.

falta de segurança em si leva a um movimento autossabotador, uma vez que, não se achando boa o suficiente para fazer ou ter algo, você, inconscientemente, deixa de tentar ou de dar o seu melhor para atingir aquele objetivo. No fundo, você pensa que “vai falhar de qualquer maneira” e, com medo desse fracasso, arruma um jeito de justificá-lo já de antemão – dizendo para si mesma que não tentou de verdade.
O assunto é mais grave do que muitas pessoas pensam. Não se trata apenas de vaidade, mas sim de um dos fatores mais importantes para a obtenção do sucesso e felicidade na vida.
A boa notícia é que a chave para trabalhar e desenvolver a autoconfiança está na mente, o que significa que você tem todos os recursos necessários para fazê-lo – só depende de você mesmo. O portal Huffington Post reuniu uma série de estudos científicos que indicam ações simples e cotidianas que são comprovadamente capazes de elevar a confiança em si mesmo. Se você está precisando de um empurrãozinho, dê uma olhada:


 1- Adote uma postura expansiva. A postura corporal é capaz de influenciar no modo como nos enxergamos. Um estudo publicado no periódico Psychological Science mostrou que manter-se ereta, com a cabeça erguida e ombros abertos faz com que você se sinta mais poderosa do que quando anda curvada.

2- Aumente o som. Pesquisadores da Faculdade de Administração Kellogg da Northewestern University descobriram que ouvir músicas que têm um som marcante do baixo (como rap, dub, reggae, blues e outros ritmos) te faz sentir mais confiante.

3-Lembre-se de uma situação em que você esteve poderosa. Pode ser aquela apresentação na faculdade que prendeu a atenção de todos, aquela entrevista de emprego na qual você se saiu super bem ou um trabalho que você realizou com excelência e pelo qual recebeu um baita reconhecimento. Um estudo publicado no Journal of Experimental Social Psychology demonstrou que este movimento faz com que você se sinta e aja de maneira mais confiante.

4- Separe um tempo pela manhã para se mimar. O modo como você se prepara para ir trabalhar no início do dia pode determinar como será sua autoconfiança ao longo dele. Isso porque a autoestima e a autoconfiança funcionam como um ciclo: quanto mais coisas positivas você faz por você mesma, mais passa a gostar e acreditar em si. Consequentemente, você sente mais vontade de se agradar. Portanto, logo nas primeiras horas do dia, trate-se com carinho e dedicação.

5- Escolha bem o look do dia. Estudos sugerem que o modo como você se veste influencia diretamente no quão segura e poderosa você se sente. Certamente você já passou pela experiência de colocar uma roupa na pressa e passar o dia incomodada com a escolha, querendo se esconder ou chegar logo em casa para se trocar. Uma pesquisa da Northwestern University demonstrou que pessoas que usaram jalecos brancos para realizar um teste se saíram melhor do que quem usou roupas normais, já que o acessório é associado a sucesso e qualidade.


6- Pense em uma celebridade que você admira. Em um estudo publicado no periódico Personal Relationships, quando uma pessoa com baixa autoestima escrevia qualidades positivas que via em celebridades do mesmo sexo que o dela e em si, se sentia muito mais motivada a se tornar uma pessoa melhor.

7- Alongue-se. Uma reportagem da revista SELF revelou que o simples ato de alongar os músculos pode melhorar a postura e a circulação sanguínea, levando ao aumento da autoconfiança. Além disso, o ato ajuda a acalmar, reduzindo a ansiedade.

8- Aos livros! Aprender uma nova língua ou exercitar outras habilidades cognitivas (como artes, por exemplo) pode aumentar seu sentimento de satisfação na vida quase tanto quanto um aumento no salário, segundo um estudo publicado pelo Departamento de Negócios, Inovação e Habilidades do Reino Unido.

Comentários

Veja também

Novos gifs fofinhos

Gifs doidinhos